10 maneiras gratuitas de motivar sua equipe

10 maneiras gratuitas de motivar sua equipe

  • Posted by Ana Carolina Camargo
  • On 4 de setembro de 2015
  • 0 Comments

start

O que faz uma empresa ser um exemplo em motivar  sua equipe e outras perderem seus bons profissionais dia a dia?

Você já se perguntou porque alguns líderes tem sucesso na motivação seus profissionais enquanto outros fracassam?

Talvez você se sinta frustrado com seus resultados como líder e esteja tentando descobrir o que está faltando para você transformar a sua equipe em um modelo de sucesso.

Ou pode ser que você esteja paralisado pelo medo e pela insegurança de tentar uma nova forma.

Uma coisa é certa e concordo com Albert Einstein. Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferente.

Por quanto tempo você vai continuar perdendo seus bons profissionais para o mercado dia após dia?

No artigo, uma boa analise de como é possível ver o mundo de uma forma diferente.

Uma passagem em particular chamou atenção de muitos leitores: Onde o 3o pedreiro tem uma visão transcendente do trabalho; como Thomas Edson quando diz, “Talento é 1% de inspiração e 99% de transpiração”.

Se você cresceu entre os anos 80 ou 90, é bem fácil que já tenha passado suas tardes de sábado com seus amigos nos parques de diversão, cheios daquelas máquinas de fliperama, sempre ao preço de uma moeda.

Sem dúvidas, um daqueles brinquedos mais disputados era o jogo do fliperama, onde a motivação é bastante simples: se fizer boa pontuação você ganhará tickets para a troca de um maravilhoso prêmio.

Mas quem aqui, conseguiu ganhar um maravilhoso prêmio? Levanta a mão quem desistiu?

Eu desisti.

E olha que todos os dias ao abrir o meu guarda roupa, recebo uma injeção de ânimo com a clássica frase de Henry Ford, onde ele diz “as pessoas não fracassam, elas simplesmente desistem”

Muitas vezes as empresas motivam seus funcionários como se este fosse movido a moeda.

Perseguir o dinheiro, uma promoção, ou um prêmio, nunca será bastante o suficiente para motivar uma pessoa.

De acordo com a Gallup empresa de pesquisa norte americana, 89% dos empregadores acreditam que os trabalhadores deixam a sua empresa para obter mais dinheiro. No entanto, como se vê, apenas 12% das pessoas realmente saem por esse motivo. A realidade é que 88% saem por outras razões que não envolvem dinheiro.

Há uma enorme discrepância entre engajamento das pessoas e seus papéis, de um lado os líderes e de outro os funcionários.

Há líderes que se resumem a nomes, informações incongruentes compartilhadas e quem sabe algumas fotos.

Mas há sim, aquele líder capaz de compreender o ser humano em suas diferenças e se importar com cada um dos que cruzam seu caminho. Capaz de se permitir novos moldes e diretrizes por entender que junto somamos.

Há quem diga que somos o que compartilhamos. Por isso faço questão de compartilhar.

O que importa são as pessoas!

Não é segredo que a palavra motivação vem sendo estudado há décadas, segundo Sigmund Freud o “princípio do prazer” é um mecanismo principal da motivação e a idéia que os organismos são conduzidos para “procurar as experiências prazerosas” e “evitar a dor”, ou quem sabe uma noção que reflete com clareza o conceito de “apetite” onde a vontade é o impulso de “Aristóteles”

Enquanto você lê este post. Aqui está a lista de 10 formas gratuitas para você, líder, motivar sua equipe.

Descubra como você pode aplica-la no seu dia a dia.

E se conquistar seus bons profissionais é importante para você assim como para mim, não ignore a de número #7. Essa em especial foi a que me fez refletir sobre o poder da conquista e do espirito de colaboração.

#1 – Acredite na equipe.

Sua equipe acredita em você?

Os líderes que conseguem olhar para fora de seus próprios interesses e se abre para os interesses da equipe ganha além da confiança, naturalmente o poder de criar uma nova crença ou até de quebra-la.

Se você acredita que confiança é importante, você está totalmente correto.

Gandhi, nos diz “Temos de nos tornar a mudança que queremos ver no mundo. Você tem que ser o espelho da mudança que está propondo. Se eu quero mudar o mundo, tenho que começar por mim.”

#2: Alinhe as expectativas.

Certifique o que sua equipe espera de você como líder. Se você fizer isso, há maior chance de sua equipe se surpreender a se decepcionar.

Uma coisa que me faz ficar intrigada, chama minha atenção e me deixa extasiada é pressupor que nossa verdade é única.

Se você parar para analisar, isso acontece o tempo todo, e muitas vezes de modo automático, não somos capazes de perceber.

Quem não gosta de ser ouvido?

#3: Dê e Receba feedback

Talvez você já tenha ouvido falar na palavra Ubuntu, que é um sistema operacional baseado no linux, mas talvez você não saiba que ele se originou na filosofia africana e se destaca pelo espírito de entreajuda entre os colaboradores.

E o que me despertou interesse, em algumas empresas que pude conhecer, sem dúvida foi o bom modelo capaz de motivar sua equipe. E é muito fácil perceber, quando você pode ouvir os colaboradores ou ver em seus rostos um sorriso de felicidade.

Mas o que elas se diferenciam das outras? É simples!

Que todas elas tornaram esse sentimento de colaboração como algo palpável.

A atenção ao feedback dos funcionários é o item mais importante destacado.

Lembre-se que é importante que os funcionários ofereçam suas opiniões se sintam ouvidos, caso contrário, eles vão abandoná-lo.

#4. Corrija em particular

Umas das minhas maiores reflexões de vida, foi lidar com uma repreensão na frente de meus colegas de trabalhos.

Se você já passou por uma situação de vergonha, você pode imaginar como é sentir o sangue esquentar pelo corpo, seu coração bater até descompassado e de modo automático seu corpo responder deixando seu rosto vermelho.

Uma reação incontrolável.

E por mais condenável que seja, um dos mais importantes princípios da PNL, segundo Richard Bandler é o da “intenção positiva”.

De uma maneira simples, o princípio afirma que, em algum nível, todo comportamento tem ou teve uma “intenção positiva”.

Então, porque as pessoas fazem coisas ruins? Poderíamos afirmar que elas tem mapas de mundos limitados. Porque as pessoas não conseguem pensar e ver, sentem uma dificuldade em observar. Há um estudo interessante sobre este tema no artigo.

É bem verdade, já dizia o dito popular “o caminho do inferno está cheio de boas intenções”.

E ter boa intenção não é garantia de bom comportamento.

Pessoas que têm boas intenções fazem coisas ruins porque elas têm mapas de mundo limitados.

Se houver dificuldades pessoais de membro de equipe e isto estiver se tornando um problema, é bem necessário que este alinhamento seja feito de modo particular.

Nunca rejeite a ordem, mas jamais envergonhe uma pessoa, levando-a em público.

Anime-se. Já estamos quase acabando.

#5. Estabeleça regras de boa convivência

“Das normas à regra”

Uma reflexão ética sobre os conceitos de norma, limite e regra nos leva a questionar se não seriam estes artifícios bloqueadores da criatividade.

Como organizar sua empresa sem impor obstáculos às liberdades de criatividade dos indivíduos?

É preciso que cada pessoa conheça os valores e princípios do outro, para entender porque um som alto perturba tanto um, mas é absolutamente normal para o outro, enquanto ir a um jogo no estádio é extremamente gratificante para um e uma verdadeira tortura para o outro.

E você sabe jogos dependem de normas completamente. São elas que determinam vencedores, vencidos e a pontuação. Normas são basicamente regras e servem para deixar um lugar ou jogo, organizado.

#6. Reconheça as qualidades

É uma satisfação muito grande, quando nosso trabalho é reconhecido e por vezes ultrapassamos a expectativa do outro, não é?

E talvez você assim como eu, provavelmente deve querer continuar a se sentir bem, certo?

Mas se por acaso, você nunca se preocupou com o reconhecimento. Considere isto como forma de sucesso de Steve Jobs “você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida ou como um resultado que aponte nova direção! “

Reconhecer as qualidades ao invés de falar sobre os defeitos.

Porque quando sua equipe age de forma sensacional, o mérito também é seu, não é?

#7. De importância as coisas importantes

Você já ouviu falar na taxonomia de Lineu? A primeira vez que ouvi isto, me soou um tanto bizarro!

Talvez você já saiba que ela foi fundamental para classificar as coisas vivas em hierarquias. Porém durante o tempo, nosso entendimentodas relações entre as coisas vivas mudou. A grande mudança foi a aceitação da evolução como o mecanismo da diversidade biológica.

Mas o que isto quer dizer?

Que falamos de indivíduos e que eles são diferentes.

E que é preciso dar a importância para aqueles que são importantes.

Reconhecer pessoas que buscam novas maneiras de aprender, melhorar suas habilidades e que investem em si mesmas. Estas devem ser cuidadas com muito zelo.

São pessoas auto motivadas e estas por sua vez naturalmente possuem capacidade de influenciar o meio.

Seja bom líder capaz de compreender o ser humano em suas diferenças e se importe com cada um que cruzam o seu caminho.

#8: Liderar por exemplo

Liderar empresas que mantêm resultados positivos mesmo em tempos difíceis sempre foi motivo de admiração.

Sem lucro não se faz nada.

Talvez você já saiba que os mais conceituados CEOS de empresa possuem duas características em comum: a crença em que as pessoas são os ativos mais valiosos das organizações e a capacidade de criar uma cultura admirável..

Mas ele também possuem diversas falhas, só que quando são confrontados com a dura realidade , se tornam admiráveis pois se destacam pela coragem.

Quando você está ao lado de funcionários leais, você tem o espirito original de todo o processo de amadurecimento.

E se é inspiração o que buscamos, não convém considerar apenas as grandes corporações.

Se você acredita que sua empresa pode começar agora a proporcionar um ambiente seguro de crescimento. Você está à frente dos 99%das pessoas que desejam se tornar grandes líderes.

#9: Empoderamento

Certamente uma das maiores curiosidades desse artigo são essas 4 questões que, juntos, em suas respostas nos trazem uma reflexão baseada na proposta de Gestão de Tempo de Peter Drucker e se baseia em:

1. O que eu estou fazendo que não precisa ser feito?

2. O que eu estou fazendo que poderia ser feito por outra pessoa?

3. O que eu estou fazendo que apenas eu posso fazer?

4. O que eu deveria fazer que não estou fazendo?

Mas o Empoderamento vai além, pois atinge a esfera do comprometimento e responsabilidade.

Nesse conceito, é preciso que os profissionais se sintam parte do negócio, membros diretamente responsáveis pelo sucesso da empresa.

No final, o profissional perceberá que sua maior preocupação é estabelecer um vínculo, e não simplesmente receber atividades delegadas.

# 10: Seja Otimista

O que mais se vê por aí são pessoas pessimistas, não é?

Você sabia que o pessimismo provoca depressão?

Por isso todos nós devemos tomar muito cuidado.

É muito importante que você identifique se os seus pensamentos visam apenas o lado ruim a vida. Tristeza, abatimento, preocupação e ansiedade.

Curiosamente talvez você saiba que as coisas em geral tendem a não dar certo para os pessimistas. Isso porque antes de partir para a luta,transformam o desastre em catástrofe.

Os pessimistas não persistem diante dos desafios e, por isso, frequentemente fracassam.

Lembra que falamos sobre isto no início do post?

As pessoas não fracassam, elas simplesmente desistem

Escolhas são poderosas e muitas vezes passam despercebidas em nossas vidas.

E esses três anos passaram rápido, de maneira que não pude perceber.

Parece que foi ontem que “tive a coragem” de me candidatar para escrever o meu primeiro post. Basicamente sem conexões, apenas com os aprendizados e uma vontade enorme de trocar experiências.

Essa caminhada tem sido uma experiência sensacional.

E todos nós devemos escolher o que fazer com as nossas vidas. Então é melhor que seja bom. É melhor valer a pena!

E gratidão é tudo que eu sinto, por todos vocês que de uma forma sincera leem os artigos ou contribuem com seus comentários.

E nada me deixa mais feliz que seus comentários dizendo como este artigo teve uma participação na sua vida.

PREPARE-SE PARA O QUE ESTÁ POR VIR.

Você está satisfeito (a) com o líder que está dentro de você?

Não, não me responda!

Apenas pare, olhe para si e reflita.

É isto que você deseja?

Se não, o que te impede de mudar? Essa pergunta já é mais difícil, mas geralmente a resposta é mais simples do que a gente pode imaginar.

Isso porque as mudanças que queremos ver no mundo começam por nós mesmos.

E você sabe que este é um tema quente, e eu tenho certeza que você tem experiência para aquecer ainda mais esse nosso bate papo.

Você pode contribuir para isso compartilhando com o mundo, através do seu comentário e assim nós podemos ajudar uns aos outros e nos tornaremos melhores.

Fonte: Administradores/Contadores

 

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *