14/08/15 – Demonstrações contábeis

14/08/15 – Demonstrações contábeis

  • Posted by Ana Carolina Camargo
  • On 14 de agosto de 2015
  • 0 Comments
  • Balanço, Contabilidade, Demonstrações Contabéis

contabilidade 2

Os investidores utilizam das Demonstrações Contábeis e demais relatórios legais e complementares para compor a sua expectativa acerca da empresa a qual mantêm interesse. As Demonstrações Contábeis devem seguir o padrão IFRS (Internacional Financial Reporting Standards) conhecidas como Normas Internacionais de Contabilidade, são exigidas para todas as companhias e consideram subjetividades e julgamentos por parte de sua administração.

O novo padrão trouxe benefícios aos investidores, a norma ajudou a aumentar a transparência, a qualidade e a comparabilidade das informações. Como, por exemplo, podemos citar algumas normas e benefícios gerados para o investidor:

1 – A adoção inicial para bens do ativo imobilizado, ICPC 10, onde a administração da entidade pode identificar bens de valores relevantes, ainda em operação e que apresentavam valor contábil substancialmente inferior ao seu valor justo e assim dar um tratamento para esses ativos, divulgando dessa forma informações relevantes, de qualidade superior e capazes de influenciar a tomada de decisão do investidor;

2 – Benefícios a Empregados, CPC 33 (R1) – IAS 19 onde a companhia deve registrar e divulgar todos os benefícios concedidos a seus empregados evitando distorções futuras nas demonstrações da companhia e surpresas para seus investidores;

3 – Pagamento Baseado em Ações IFRS 2 (IASB – BV 2010) que exige que os efeitos das transações com pagamento baseado em ações estejam refletidos no resultado e no balanço, incluindo despesas com transações por meio das quais opções de ações são outorgadas a empregados, melhorando assim a transparência das demonstrações.

Para evitar informações enviesadas é importante que as Demonstrações Financeiras estejam acompanhadas do Relatório do Auditor Independente. A sua falta está sempre associada a destruição de valor da companhia no mercado.

O Relatório da Administração adicionalmente, as demonstrações contábeis também devem mostrar os resultados da administração, dos recursos que lhe são confiados, devem conter de forma espontânea, franca e abrangente informações sobre: a conjuntura econômica; recursos humanos; investimentos; pesquisa e desenvolvimento; proteção ao meio ambiente; reformulações administrativas; direito dos acionistas; obtenção de recursos; itens fora do balanço (itens conhecidos mas não contabilizados por não se adequarem nas normas de contabilidade); análise de riscos; entre outras informações relevantes.

Considerando a perspectiva dos investidores, as companhias não devem divulgar só as informações mínimas obrigatórias por lei; mas devem relatar tanto seus resultados positivos quanto os negativos, destacando quais eventos comprometem os seus planos e não penas como um instrumento para autopromover seus executivos, com objetivos políticos e de promoção de governantes.

é diretor de controladoria da Anefac

Fonte: Fenacon, DCI,Contadores

Colaboradora: Ana Carolina

 

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *